sábado, 11 de fevereiro de 2017

Nota Breve de Conjuntura – Nova seção no blog

Nota Breve de Conjuntura – Nova seção no blog

George Gomes Coutinho * 

Acompanho a estonteante conjuntura social e política do Brasil nos últimos tempos em muito motivado pela acelerada velocidade deflagrada a partir das mobilizações de rua do ano de 2013. Nesse ínterim por vezes sou instado por colegas, imprensa local ou amigos próximos a refletir a respeito. Por esta razão eu decidi iniciar uma nova seção no blog.

Até então o “Autopoiese e Virtu” funcionava majoritariamente como depósito virtual e caminho de publicização do que produzo para o jornal campista “A Folha de Manhã”. Desde julho de 2016 publico na página 04 do jornal aos sábados, junto de outros colaboradores, onde apresento pequenos artigos sobre temas candentes.  A função de “depósito virtual” prosseguirá por aqui. Contudo, irei trazer novos apontamentos, não menos assistemáticos, com a seção “Nota Breve de Conjuntura”.

Na nova seção não haverá métrica ou periodicidade como nos textos que produzo para a Folha onde, conforme compromisso assumido com o editor, replico todos aqui no blog no dia seguinte da edição impressa do jornal.  No “Nota Breve de Conjuntura” irei seguir o caminho de inquietações mais ou menos curtas e igualmente urgentes no calor do momento.

Por fim, ainda continuo acreditando na contribuição de uma sociologia pública, não enclausurada no espaço acadêmico, onde esta pode funcionar como mecanismo interpretativo alternativo ao mero senso comum.  Foi isto que me mobilizou a aceitar o convite da Folha e prosseguirá como valor a guiar a nova seção do blog. Obviamente não estou secundarizando a produção rigorosa e sistemática de análises, estudos e pesquisas no que se compreende como práticas necessárias e inelutáveis do establishment universitário. Pelo contrário. Considero que as tarefas, sejam as da Universidade ou de uma sociologia com vocação pública, devem ser necessariamente amalgamadas em uma realidade periférica como a nossa.


Conto com o interesse e a leitura crítica dxs visitantes do blog.

* Professor de Ciência Política no Departamento de Ciências Sociais da UFF/Campos dos Goytacazes

Um comentário: